13 de abr de 2012

Obra Vifran/Rossi em Campinas apresentação sistema PintePronto - Airless



2 de abr de 2012

Vantagens da pintura com o sistema Airless

Maior velocidade de aplicação: uma máquina, um aplicador e um alimentador aplicam em média 200m2 p/hora.


Maior economia: na pintura convencional (a rolo), faz-se necessário uma demão de selador e duas demãos de acabamento para que se obtenha uma superfície perfeitamente pintada. Em alguns casos quando a tinta não é de boa qualidade ou quando o aplicador não é experiente, o resultado não é satisfatório, fazendo-se necessário uma demão extra, que resulta em consumo maior de material (desperdício) e tempo maior do que o previsto (atraso) no cronograma do empreendimento.

Maior eficiência: no sistema Airless, por se tratar de projeção de tinta com alta pressão e grande velocidade, aplica-se uma demão de selador e uma de acabamento com aproveitamento máximo e homogêneo, obtendo-se como resultado uma superfície perfeitamente pintada sem manchas ou pegadas de rolo que sempre comprometem a qualidade estética.

Maior qualidade: o sistema Airless, exige, para o seu perfeito funcionamento, que as tintas sejam de excelente qualidade, isto é, que apresentem boa fluidez, cargas minerais ultrafinas, resinas de primeira qualidade e pigmentos resistentes. Esta receita resulta numa tinta com grande resistência a lavabilidade, grande cobertura, podendo ser aplicado até 200 microns numa única demão sem ocorrer o risco de craquelar o filme de tinta.

Maior segurança: com o sistema Airless economiza-se tempo, materiais e mão de obra. Menos mão de obra, resulta em maior controle, disciplina e maior respeito às normas de segurança.

Conclusão: um equipamento Airless ocupa apenas 2 operadores, que irão substituir dez pintores no sistema convencional. Além de economizar uma demão de tinta, que significa 33% de economia em tintas e tempo de execução da empreitada.




O que é um sistema de pintura Airless (sem ar)?

É um método de pulverização criado nos anos 60, a fim de atender novos processos de pintura, cujo produto é perfeitamente atomizado, sem necessidade de utilização de ar. Os equipamentos de pintura Airless elétricos, geram uma alta pressão (500 à 3.000psi) fazendo o produto passar através de pequeno e preciso orifício difusor na saída da pistola chamado bico pulverizador. O produto atomizado adquire grande velocidade sofrendo rápida expansão, rompendo as partículas e reduzindo as nuvens (overspray). Isso torna a atomização suave proporcionando alta economia de material (aprox. 25 à 30%). Nesse sistema obtêm-se uma melhor distribuição de massa/tinta, menos poluição na área de trabalho, e possibilidades de aplicar camadas mais espessas por demão. Além disso, há uma redução substancial do desperdício, permitindo aplicações mais rápidas, para qualquer tipo de pintura imobiliária. Os equipamentos de pintura Airless elétricos, são de grande valor como pulverizadores de materiais para pintura ( massa corrida e tintas) principalmente na construção civil pela facilidade de transporte e manuseio, utilizar energia elétrica, disponível em qualquer lugar.
A mão de obra deve ser especializada pois trata-se de um equipamento de alto apuro técnico e grande velocidade de aplicação. Para perfeito desempenho com máxima produtividade, basta um operador (profissional) e um ajudante (servente) para fazer a alimentação e a movimentação da maquina.